Avaliação física na academia: veja os diferentes tipos

Conheça as diferentes avaliações físicas e sua importância

Antes de iniciar qualquer atividade física, é importante realizar uma avaliação física. Ela tem como objetivo verificar o nível de atividade física do aluno, além de certificar os fatores de riscos para doenças cardiovasculares, disfunções nos padrões de movimento, limitações, individualidade biológica, entre outros.

A avaliação física irá buscar coletar o máximo de informações importantes e necessárias para que o profissional possa montar um plano de treinamento direcionado e específico para as necessidades de cada aluno.

É essencial realizar uma avaliação física completa e personalizada do aluno. Veja a seguir os tipos de avaliações que podem ser realizadas e as vantagens de cada uma:

  • Anamnese

A anamnese é uma espécie de entrevista feita ao aluno em que o avaliador físico irá coletar informações relacionadas aos hábitos (como alimentação, sono, rotina de trabalho, etc.), se já teve alguma experiência com atividade física, cirurgias, problemas de saúde, lesões musculares ou articulares, entre outras particularidades. Essas informações irão auxiliar o profissional a propor um treino elaborado e direcionado às necessidades do aluno.

  • Análise postural

Muito importante de ser realizada para que se verifique se existe algum desvio de postura no aluno, como lordose, escoliose, cifose, joelhos valgos e coisas do tipo. Dessa maneira, adequar o treino na tentativa de amenizá-los ou corrigi-los, além de evitar possíveis desequilíbrios e lesões durante os exercícios.

  • Antropometria e composição corporal

Essa avaliação tem como objetivo coletar os dados corporais e analisar sua composição. Muito comum e conhecido nas academias, ele consiste em registrar as medidas de peso, estatura, perímetro da cintura, circunferências, percentual de gordura corporal e cálculo do IMC. Os meios utilizados para medidas e análise de percentual podem ser através de dobras cutâneas e bioimpedância.

  • Teste de flexibilidade

A avaliação da flexibilidade serve para verificar se há algum encurtamento de grupos musculares que acabam gerando desvios posturais, dores articulares e até alterações na execução do movimento. A flexibilidade, apesar de negligenciada por muitos praticantes de atividade física, é fundamental para uma execução correta dos movimentos e também nas atividades do cotidiano.

  • Teste de forças

Teste realizado para certificar os pesos ideias a serem usados nos exercícios e prescrevê-los com precisão na montagem do treino. Avaliando o grau de força do aluno, é possível oferecer um protocolo que gere resultados e evite lesões.

  • Testes cardiorespiratórios

Esse teste é fundamental principalmente para pessoas com histórico de doenças cardíacas, ou até mesmo sedentárias. Ele ajuda a avaliar o condicionamento físico da pessoa e tem a finalidade de conhecer os parâmetros necessários para realizar um treino seguro e eficiente. Seu teste é feito a partir da realização de algum exercício ergométrico, como pedalar na bicicleta ou andar na esteira. Ao longo do exercício, vai aumentando a sua intensidade, enquanto a resposta do coração é monitorada em cada etapa. Um dos métodos mais populares de avaliação é o queen ‘s college.

  • Avaliação neuromotora

Neste teste, é avaliado a força e a resistência dos grupos musculares flexores de cada indivíduo. O equipamento utilizado para a medição é o dinamômetro. Muito útil para determinar os locais com maiores propensões à lesão.

A importância da avaliação vai além de apenas coletar dados do seu corpo. Eles devem ser analisados pelo profissional de Educação Física para que ele possa prescrever o treino de maneira personalizada e de acordo com todas as particularidades necessárias.

Vale lembrar também, que agilidade é fundamental para os frequentadores de academia, e um software de qualidade permite que todas as informações coletadas na avaliação sejam armazenadas no perfil do aluno, podendo ser acessada a qualquer momento, seja para revisar na hora de montar um treino novo ou para comparar a evolução do paciente, uma vez que conforme novas avaliações são feitas, elas ficam armazenadas no perfil. Isso irá facilitar e economizar tempo, tanto do professor quanto do cliente.

Cada avaliação e seu protocolo deve ser feita de acordo com o objetivo desejado e a modalidade do aluno, fazendo os ajustes indicados e conhecendo melhor o estado de saúde do cliente.

Por fim, uma avaliação física bem feita, aliada com um sistema integrado para armazenar todas as informações, irão contribuir para satisfação do cliente, que poderá ter seus treinos prescritos de maneira correta, acompanhar sua evolução, corrigir a postura, diminuir dores, adequar o peso, melhorar a qualidade vida e aumentar seu bem-estar.

Caso você tenha alguma dúvida ou interesse nos nossos serviços, entre em contato conosco agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *